Novidades e Eventos

Esteja sempre atualizado

KL.NEWS.02⛩2021/03/14

KL.NEWS.02⛩2021/03/14
A IMPORTÂNCIA DO SABER-FAZER - A experiência 

Para quem gosta de Kois sabe que o que começou por ser um hobby se transformou numa paixão a sério e quando damos por nós já fomos apanhados numa teia sem que nos tivéssemos apercebido disso. A busca pelo conhecimento e a busca pelo saber-fazer é cada vez maior. E isso é bom. No entanto, no meio disto tudo é importante não ficar obcecado pelo peixe, pelas doenças, pelos parasitas e por mais isto e por mais aquilo... O importante é bebermos a informação de sítios fidedignos, aprender com profissionais com experiência em Kois do Japão, nomeadamente com quem faz disso a sua profissão e com quem sabe lidar com estes animais a sério, não a brincar. Nós estamos sempre a aprender! A aprendizagem pelo conhecimento REAL não está na teoria, mas sim na experiência, na resolução de problemas, no querer saber cada vez mais e no aprofundamento desse saber. 
Há anos atrás, quando começámos com as Kois do Japão, sabem qual foi a primeira coisa que comprámos? Um microscópio! Este foi o 1.º conselho de ouro que nos deram lá fora. Quem trabalha com Kois tem de ter um microscópio, tem de saber identificar os parasitas, tem de saber tratá-los, tem de ter soluções. Pois tem, grande verdade! Quais as diferenças entre as condições do nosso país e as dos outros países para que possamos dar uma melhor vida aos nossos peixes, sabendo que o nosso clima e a nossa água são diferentes? Aqui, em Portugal o pH ideal para os Kois situa-se entre os 7.5 e os 8.5 e se isso não acontecer a sua mucosa vai sofrer, vão aparecer úlceras e o peixe vai ficar muito fraco o que vai facilitar em muito a entrada de parasitas no seu organismo. A partir daí esse peixe vai ser o elo mais fraco do lago, vai passar a ser, sem querer, o portador de milhares de parasitas que se reproduzem exponencialmente e que já se vão querer alojar noutros peixes. O equilíbrio da água do lago é um ponto fundamental para quem quer ter peixes saudáveis e por isso é importante testar a água  pelo menos 1 vez por mês, verificar o pH, nitritos, nitratos, amónia, fosfatos, GH e KH; fazer pequenas mudanças de água; introduzir com regularidade produtos biológicos que protegem os peixes e que restauram a sua mucosa. E para quem tem microscópio ou pensa em adquirir um, saber identificar os principais parasitas e ir tirando umas amostras do peixes e observando, avaliando e solucionando de acordo com cada caso. 
Um dia destes, vou mostrar-vos ao microscópio alguns dos principais parasitas que podemos encontrar, os "monstros" que a olho nu não se veem mas que estão lá. Até lá, com a chegada da primavera apetrechem-se daquilo que precisam de ter em casa para agir em caso de necessidade. Nomes como o Bao Bio+, o Supertab, o Malamix e o Anarex Bio já não são desconhecidos para muita gente e isso é muito bom! Em breve teremos online o nosso Blog KL.NEWS onde teremos todo o gosto de falar um pouco mais sobre Kois e Lagos. ^_^

By: Alexandra Raimundo//Koi-Lagos de Jardim Lda